Pontos de mergulhos

/Pontos de mergulhos
Pontos de mergulhos2017-03-29T15:03:40+00:00

Pontos de mergulhos

Pontos de mergulhos – Grande Mapa

Pontos de mergulhos

3 Grotes

Com certeza, que é o mergulho mais frequentado da ilha do Sal, porque todos podem fazê-lo com toda a tranquilidade e porque é um mergulho riquíssimo em fauna marinha. Uma parede até 18 mts de profundidade, com 3 grutas fantásticas, onde é possível entrar e ver lagostas, cavacos, tartarugas e muitos outros peixes tropicais.
Tempo de navegação: 15 minutos

 

S. Antao

Um naufrágio de uma embarcação comercial que fica num fundo de areia, dividida em 3 partes e com muita variedade de peixes. É possível encontrar raias e pequenos tubarões gata. Profundidade máxima 12 metros.
Tempo de navegação: 15 minutos

Buracona e Regona

Grutas vulcânicas, únicas neste género. “Buracona” é o mais famoso dos mergulhos e trata-se de um túnel subaquático que entra por terra, com um grande buraco onde a luz do sol, forma efeitos espectaculares. “Regona” é um conjunto de grutas muito amplas, com ligações directas ao mar aberto, que permitem a vida marinha no interior das grutas. Podem ver-se grandes peixes e crustáceos.
Tempo de viagem: 40 minutos de automóvel.

Sites de mergulho Buracona

Sites de mergulho Regona

Dois olhos e langosta verde

Grutas recentemente descobertas pela nossa equipa e são mergulhos exclusivos do nosso Centro de mergulho. Para mergulhadores exigentes e experientes, dando a possibilidade de uma verdadeira incursão. As características destas grutas, é que são riquíssimas em vida marinha, particularmente em crustáceos, camarões, lagostas verdes e vermelhas, cavacos gigantes, nudibranquios endémicos destas grutas, raias e moreias.
Tempo de viagem: 40 minutos de automóvel.

Langosta verde

Cavala

Fantástica parede profunda, para mergulhadores experientes. A parede inicia-se a uma profundidade de 28 metros e chega até aos 65 metros. Aqui é possível ter encontros incríveis com grandes pelágicos de várias espécies, tubarões touro e martelo.
Tempo de navegação: 15 minutos

Choclassa – Choclassa profunda

Choclassa – Choclassa profonda

Incrível baixa situada a cerca de 4 km de navegação da ilha. Sobe de uma bati métrica de 300 metros até uma profundidade de 14 metros. É possível fazer mergulhos diferentes, com objectivos distintos e a profundidades diferentes. Consegue-se encontrar muitas moreias, atuns, marlins, grandes pelágicos, tartarugas, lagostas, raias, mantas e algumas espécies de tubarões, entre os quais o tubarão baleia (em algumas épocas do ano).
Tempo de navegação: 25 minutos

Naufrágio KWARCIT-Boris

Naufrágio a 28 metros de profundidade. Embarcação de origem soviética, que ficou em Cabo Verde transportando pessoas do Senegal e foi afundada em Janeiro de 2006. O naufrágio encontra-se em posição de navegação e tornou-se rapidamente um riquíssimo “reef” artificial, onde é possível ver uma grande quantidade de peixe de várias espécies, raias, moreias, tubarões gata, muitos crustáceos, nudibrânquios e peixes sapo. É possível entrar nos porões e na sala de comando.
Tempo de navegação: 15 minutos

Ancora

É uma pequena parede a 16 metros de profundidade, cheia de surpresas. Além dos típicos peixes tropicais residentes, é possível encontrar raias e tubarões gata que dormem na sombra da parede. Mergulho para todos os níveis de experiência.

Tempo de navegação: 15 minutos

Farol

Mergulho multi-nível com 3 gradientes de diferentes profundidade. Oferece muitos buracos e pequenas grutas por explorar. Rico em crustáceos e moreias sendo um mergulho ideal para encontrar os peixes sapo.
Tempo de navegação: 15 minutos

Caldaia – Bolama

O mergulho começa nos restos de um naufrágio de uma antiga embarcação a vapor, afundada no início de 1900 e agora totalmente destruída. Existe apenas uma grande caldeira que é o ponto de partida deste mergulho. O percurso segue por um “canyon” e atinge uma profundidade de 19 metros.
Tempo de navegação: 15 minutos

Pontinha and Pontinha profunda

É uma parede entre os 14 e os 30 metros. O mergulho pode ser feito na parte profunda (30mts.) ou ficar perto da parede a uma profundidade de 20 metros. Esta pareed é cheia de buracos que hoje são as tocas de muitas moreias, lagostas e raias. Deixando a parede pode-se descer até um “plateu” a 30 metros, por vezes encontram-se pelágios e grandes raias oceânicas que sobem das grandes profundidades.
Tempo de navegação: 25 minutos

Dunas

Uma pequena parede não muito profunda (12 mts.), onde de Junho a Dezembro, é fácil encontrar as tartarugas que regressam a Cabo Verde, para a reprodução e para depositar os ovos nas praias que se encontram diante do local de mergulho.

Tempo de navegação: 25 minutos

Champignon

Mais uma parede, pouco distante do “Dunas”, e que atinge uma profundidade de 14 metros. O ambiente subaquático é semelhante ao do “Dunas” e por vezes, temos visibilidades que chegam até aos 60/70 metros. Raias e grandes variedades de peixe, permanecem neste local.

Tempo de navegação: 25 minutos

Ponta Preta funda

É uma baixa, que mais se assemelha ao ambiente mediterrâneo. Situada na zona oeste da ilha, atinge uma profundidade máxima de 31 metros. De Janeiro a Abril é possível ouvir e encontrar as baleias e no verão as tartarugas e tubarões touro.
Tempo de navegação: 35 minutos

Morro das Pedra

Uma baixa composta por uma catedral rochosa com base a 32 metros. O seu tamanho não é muito grande, permitindo visitar todo o sítio de mergulho numa única vez. Sendo bastante isolada e à sua volta com um fundo de areia vulcânica, atrai muita fauna e flora marinha
Tempo de navegação: 45 minutos

Bera d’coral

Uma pequena baixa situada a leste da ilha, a uma profundidade de 18/20 metros, em que regularmente  se encontram os tubarões gata do Atlântico.
Tempo de navegação: 35 minutos